Notícias

Direção Nacional do CBCE e Equipe Editorial estudam os rumos da Revista Brasileira de Ciências do Esporte

Editoria: RBCE - Revista Brasileira de Ciência do Esporte
Data: 18/11/2020

Por: Direção de Comunicação

Na última segunda-feira (16 de novembro), a Direção Nacional do CBCE e a Equipe Editorial da Revista Brasileira de Ciências do Esporte (RBCE) realizaram uma reunião online para estudar e debater os rumos da revista do Colégio.

Os editores Fernando Mascarenhas, Ari Lazzarotti e Lauro Vianna apresentaram relatório das ações desenvolvidas no período de 2018-2020, destacaram dados bibliométricos do periódico e, finalmente, indicaram as demandas atuais e futuras do processo de editoração da revista.

A RBCE tem avançado consideravelmente na redução do tempo de editoração dos artigos submetidos. A média atual é de 5,7 meses para realização do ciclo total, desde a submissão inicial até a publicação final. Além disso, tem média de 28,9% de autores internacionais publicando na revista nos últimos 6 anos. A revista também vem em uma crescente no número de citações em revistas indexadas na Web of Science. Desde 2005, ano da primeira citação recebida, foram 1625 no total, constando em 783 documentos de 58 áreas diferentes. As áreas que mais citam são as Ciências Sociais, Educação e Ciências do Esporte. As citações ocorreram em fontes advindas de 35 países. A maioria delas é no Brasil e temos ocorrências também na Espanha, em Portugal, Chile, Estados Unidos e outros.

Diante de tal cenário, os desafios que se apresentam na atual conjuntura são o aumento gradativo da publicação de artigos no idioma inglês, a indexação da revista na Clarivate Analytics (JCR) e a reinvenção das formas de financiamento do periódico. Este último item se torna candente, principalmente, por conta da inexistência de editais das agências de fomento, nacionais e estaduais, nos últimos dois anos (2019-2020).

A Diretoria Nacional do CBCE e a Equipe Editorial da RBCE encerraram a reunião certas de que não se medirá esforços para a manutenção da qualidade e da legitimidade que a revista construiu e conquistou ao longo da sua trajetória. Para tal, entre outras ações nas dimesões editoriais, políticas e comunicativas, entendeu-se como necessidade imediata o CBCE encabeçar uma maior interlocução junto aos editores da área na construção de estratégias, agendas e ações coletivas no campo da editoração científica de periódicos nacionais da Educação Física e Ciências do Esporte.

Outras notícias